You are here

PS, CDS e IL chumbam redução do plástico nas embalagens

Todas as propostas para reduzir a quantidade de plástico usado nas embalagens à venda no comércio em Portugal acabaram chumbadas esta sexta-feira no parlamento.
Nelson Peralta
Nelson Peralta dá o exemplo da sobreembalagem em produtos como os chocolates vendidos em qualquer supermercado.

Com os votos contra do PS, CDS e IL e a abstenção do PSD, foram chumbadas as quatro propostas para reduzir o plástico usado nas embalagens dos produtos.

“Basta entrar num supermercado para perceber que temos um problema”, afirmou o deputado bloquista Nelson Peralta na apresentação de uma das propostas, que defendia regras para as embalagens “compatíveis com a vida social e o planeta” e com um “design ecológico e adaptadas aos produtos” em causa, ou seja, reutilizáveis ou no mínimo recicláveis.

O deputado levou consigo para a tribuna alguns exemplos de sobreembalagem de alguns produtos, como os chocolates que têm uma embalagem de plástico individual e uma outra embalagem de plástico para todo o “pack”.

“Atualmente reina a irresponsabilidade ambiental” nas embalagens vendidas, afirmou Nelson Peralta, considerando que “isto não é a liberdade do mercado, é um atentado ao clima, ao ambiente e à Humanidade”.

“Decidir nada fazer é decidir que são as grandes multinacionais que mandam na economia e que a economia só serve para a acumulação do lucro”, prosseguiu o deputado, concluindo que “não é possível andar a falar de combate às alterações climáticas e depois quando chega o momento decisivo, querer que tudo fique igual”.

 

Termos relacionados Ambiente
(...)