You are here

Província argentina é a primeira a proibir a criação intensiva de salmão

A província Terra do Fogo proibiu a entrada da indústria do salmão devido aos efeitos ambientais adversos que esta atividade provoca.
Indústria da aquacultura na Tasmânia - Foto de Rod Cuthbert | Flickr

As autoridades da província argentina da Terra do Fogo aprovaram, por unanimidade, uma iniciativa pioneira no mundo. A lei proíbe a criação intensiva de salmão, de acordo com o portal alemão Deutsche Welle (DW).

Estefanía Gónzalez, coordenadora da campanha de oceanos da Greenpeace Andino, que abrange os territórios da Argentina, Chile e Colômbia, afirmou que se trata “de um marco histórico que transforma a Argentina no primeiro país do mundo a proibir a criação intensiva de salmão industrial”.

A nova lei proíbe a criação intensiva de salmonídeos em águas do território da Terra do Fogo. No entanto, esta aprovação acontece antes de que a indústria se viesse a estabelecer na província argentina.

Em 2018, os governos nacionais e provinciais da Argentina assinaram um acordo com a Noruega para o estabelecimento da indústria de criação intensiva de salmão, nomeadamente nas águas do Canal de Beagle.

A população do Chile deu um importante contributo nesta tomada de decisão por parte das autoridades argentinas. As comunidades chilenas viajaram para a província da Terra do Fogo para partilhar experiências relativamente à criação intensiva de salmão que está implementada em território chileno.

David López Katz, ativista da organização ambientalista Sem Azul Não Há Verde, referiu que “o Canal de Beagle é um dos últimos bastiões de águas cristalinas do mundo”, acrescentando que “um dos poucos lugares da Argentina com condições para a salmonicultura era justamente a Terra do Fogo, onde as empresas podiam naturalmente se expandir a partir do Chile”.

Para além disto, o Canal de Beagle é considerado como a porta da Antártida, tal como um importante corredor para mamíferos marinhos que migram anualmente.

 

Termos relacionados Ambiente
(...)