You are here

Prémio literário do Festival Correntes d’Escritas para Maria Teresa Horta

Com a obra “Estranhezas”, Maria Teresa Horta foi a vencedora do prémio literário Casino da Póvoa 2021, do encontro anual de escritores de expressão ibérica “Correntes d’Escritas”,
Maria Teresa Horta vence prémio literário Casino da Póvoa 2021 / Fotografia: Carmen Almeida

"'Estranhezas' é uma exaltação da paixão, da beleza, do real concreto e efémero eternizado pela deslocação da esfera do tempo para o espaço de escrita. As sete partes deste livro – No Espelho, Da Paixão, Da Beleza, Alteridades, Tumulto, Ferocidades, Diante do Abismo – revisitam e deslocam os temas centrais da obra de Maria Teresa Horta que, desde o seu primeiro livro (Espelho Inicial, 1960), criou um glossário e uma sintaxe muito pessoais, um idioma singular que subverte e atualiza a ideia da poesia como canto celebratório, brincando com as convenções da rima e do ritmo, fazendo-as implodir num erotismo vital, que se exerce numa contínua experimentação dos limites de nudez e mistério da palavra", afirmou o júri deste prémio, constituído por Daniel Jonas, Inês Pedrosa, José António Gomes, Luís Caetano e Marta Bernardes.

Maria Teresa Horta nasceu em 1937, em Lisboa, cidade onde frequentou a Faculdade de Letras. Estreou-se na poesia em 1960; a sua obra poética publicada até 2006, constituída por dezoito títulos, está coligida em “Poesia Reunida” (Dom Quixote, 2009). É autora da obra “Novas Cartas Portuguesas”, conjuntamente com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa. 

O Correntes d’Escritas é um encontro anual de escritores de expressão ibérica que decorre durante o mês de fevereiro, na Póvoa de Varzim, no distrito do Porto. O grande prémio deste evento, o “prémio literário Casino da Póvoa”, premiou já obras como “Vento Assobiando nas Gruas” de Lídia Jorge, “A génese do Amor” de Ana Luísa Amaral, “Bufo & Spallanzani” de Rubem Fonseca, “ A Moeda do Tempo” de Gastão Cruz, “Myra” de Maria Velho da Costa, “Uma mentira mil vezes repetida” de Manuel Jorge Marmelo ou “Sua Excelência” de Pepetela.  

Termos relacionados Cultura
(...)