You are here

Precfest: Precários em luta no 1º de maio

Associações de precários e pelos direitos sociais juntam-se em Lisboa no 1º de maio para um dia de festa e luta, que inclui desfile com a CGTP.

A iniciativa Precfest tem encontro marcado no Largo do Intendente a partir das 11 da manhã do próximo 1º de maio e vai juntar a Associação de Combate à Precariedade - Precários Inflexíveis, Associação dos Profissionais do Regime de Amas, Com Calma - Espaço Cultural e Associação, Crew Hassan, EKA Palace, Habita - Colectivo pelo Direito à Habitação e à Cidade, Mob - espaço associativo, SOS Racismo e UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta.

“Estaremos no Intendente, de manhã até ao início da tarde, para depois nos juntarmos à manifestação do 1.º de Maio da CGTP até à Alameda. Neste ponto de encontro vamos ter bancas de associações, convívio, intervenções, invenções, música, propostas. E no caminho até ao dia 1 encontramo-nos também nos diversos eventos pré-Precfest que vão acontecer em vários espaços pela cidade de Lisboa”, anunciam os organizadores do evento.

Esta mobilização contra o trabalho precário e o desemprego pretende “juntar pessoas, não no luto das suas vidas precárias, mas sim para exigir a mudança, nas ruas, no dia 1 de Maio”. “O Precfest não é um festival, não é uma manifestação para cumprir rotinas ou efemérides, é um dia em que nos juntamos para lutar, em festa, porque #istotemdemudar!”, acrescentam os organizadores. 

Até ao 1º de Maio, estão convocadas algumas iniciativas “Pré-Precfest”. Esta quinta-feira, 21 abril às 21h30 no EKA Palace (ver agenda esquerda.net) está marcada uma conversa sobre precariedade na cultura a partir do documentário Documentário "Class Dismissed - How TV Frames the Working Class”, seguida de festa. Na quarta-feira seguinte (dia 27 às 21h30) também há filme e conversa sobre trabalho precário e desemprego no bar/restaurante Sagrada Família.

Termos relacionados Sociedade
(...)