You are here

Precários Inflexíveis organizam 3º Fórum Precariedade e Desemprego

Ativistas e académicos juntam-se no Porto no próximo fim de semana para discutir e propor soluções às várias vertentes da precariedade.

A Associação de Combate à Precariedade – Precários Inflexíveis já divulgou o programa do 3º Fórum Precariedade e Desemprego. O fórum, que pela primeira vez irá decorrer no Porto, vai centrar-se na “construção de alternativas políticas, económicas e sociais”, segundo comunicado da associação. O fórum vai decorrer a 4, 5 e 6 de dezembro e conta com a participação de Krizo - Educação, Arte e Cidadania, do movimento Uma vida como a arte, Galeria Geraldes e do Ganhem Vergonha para debater “respostas à gigantesca crise do desemprego e da precarização que afecta todas as gerações”.

No primeiro dia, sexta-feira, a abertura estará a cargo do professor e sociólogo, Manuel Carlos Silva. No sábado serão analizadas as novas dinâmicas de exploração e experiências de resistência e de construção de alternativas (com a presença de Luís Xavier da EFACEC e de Henrique Borges do Sindicato de Professores do Norte). José Soeiro, sociólogo e deputado do Bloco irá discutir o empreendedorismo e, para terminar o dia, será abordada a precariedade na investigação científica.

No dia seguinte haverá três painéis de discussão sobre cultura, trabalho gratuito e segurança social. Para discutir a cultura estarão presentes Carlos Costa, fundador e co-diretor artístico do Visões Úteis e Gonçalo Amorim, diretor artístico do FITEI. No segundo painel, sobre trabalho gratuito irão intervir, entre outros, Aida Suárez, fundadora da Livraria Confraria Vermelha e Francisco Ferreira Fernandes, fundador do site Ganhem Vergonha. A discussão sobre a segurança social estará focada em como acabar com o abuso dos falsos recibos verdes, defendendo a segurança social. O fórum irá decorrer na Galeria Geraldes e no Espaço ContraBando.

Termos relacionados Sociedade
(...)