You are here

Precários do Centro Hospitalar do Oeste continuam a greve

Os precários do CHO estão em greve e vão continuar. Lutam pela aplicação imediata das 35 h e realizam um plenário nesta quinta-feira.
Greve pelas 35 horas - Foto do movimento precários do CHO, retirada da sua página no facebook
"Fomos mais grevistas, mas somos essencialmente mais gente em luta por melhores condições de trabalho e melhores serviços para os utentes”, declaram os precários - Foto do movimento precários do CHO, retirada da sua página no facebook

Em comunicado, os precários do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) afirmam que continuam em greve, após uma reunião com a administração do CHO, e realizam um plenário, nesta quinta-feira 28 de outubro, a partir das 9.30 horas na Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha.

Nos hospitais de Caldas da Rainha e de Peniche a adesão à greve é total. No hospital de Torres Vedras, “a greve cresceu e o movimento Precários do CHO também”, dizem. Segundo o comunicado, a adesão à greve no hospital de Torres Vedras mais que duplicou, passando de 40% para 85%.

“Fomos mais grevistas, mas somos essencialmente mais gente em luta por melhores condições de trabalho e melhores serviços para os utentes”, declaram no documento.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)