You are here

Polisário apela a Guterres para aplicar decisões da ONU

No 41º aniversário da proclamação da República Árabe Saaraui Democrática, o presidente Brahim Gali apelou à retoma do processo político para resolver o conflito e acabar com a ocupação marroquina.
Brahim Gali
Brahim Gali, secretário-geral da Frente Polisário e presidente da República Árabe Saaraui Democrática. Foto Frente Polisário

No discurso que assinalou os 41 anos da proclamação da República Árabe Saaraui Democrática (RASD), o Presidente Brahim Gali, também secretário-geral da Frente Polisário, apelou ao novo secretário-geral da ONU “para que tome medidas urgentes para completar as responsabilidades e obrigações das Nações Unidas e a aplicação das suas decisões relativas à concessão da independência do povo saaraui, bem como de todos os povos e países colonizados”.

Gali quer ver regressar os membros da delegação política e civil da Minurso, a missão da ONU dirigida ao conflito que opõe o povo saaraui ao regime marroquino. E exige ao Conselho de Segurança da ONU medidas concretas para pôr fim às violações da lei internacional por parte dos ocupantes.

Marrocos respondeu positivamente ao apelo feito por António Guterres para retirar as suas tropas da zona de Guerguerat, na fronteira com a Mauritânia. Mas para a Frente Polisário, esta ação não é mais do que “areia para os olhos”, uma vez que as violações dos direitos humanos por parte de Marrocos são uma constante.

Os saarauis apoiam ainda assim as iniciativas de Guterres “no respeito pelo espírito e a letra do cessar-fogo em vigor desde 1991 como parte da implementação de um plano por parte da ONU e da OUA, cujo resultado continua a ser a celebração de um referendo de autodeterminação para o povo do Sahara Ocidental”, pode ler-se no comunicado divulgado pela Frente Polisário.

As celebrações do 41º aniversário da proclamação da RASD nos acampamentos de refugiados de Smana contaram com a presença de convidados internacionais de 20 países. Nos últimos dias, uma delegação de congressistas norte-americanos liderada pelo republicano James Inhofe visitou campos de refugiados e transmitiu o apoio à autodeterminação do povo sarauhi.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sahara Ocidental, Internacional
(...)