You are here

Parlamento aprova resolução para a recuperação do Pinhal de Leiria

A Assembleia da República aprovou uma resolução conjunta para a reconstrução do Pinhal de Leiria, que ficou destruído com os incêndios de 2017. A iniciativa, promovida também pelo Bloco, abrange todas as matas litorais e teve o único voto contra do Partido Socialista.
incêndio
Foto de Oscar Anton | Flickr

Em comunicado, a Comissão Coordenadora Distrital de Leiria do Bloco de Esquerda congratula-se com a aprovação na Assembleia da República de uma resolução conjunta do Bloco de Esquerda, do PCP, dos Verdes e do PSD que exige a reconstrução total do Pinhal de Leiria. Esta foi “a primeira iniciativa da legislatura do deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo distrito de Leiria, Ricardo Vicente. O Projecto de Resolução para "salvar as matas litorais" ardidas em 2017, apresentado a 8 de novembro de 2019, tinha o objectivo de estabelecer compromissos de curto e de longo prazo. O PCP, os Verdes e o PSD, acompanharam a iniciativa com projetos próprios.

Em novembro, no momento da votação, todos os projetos poderiam ter sido aprovados por unanimidade, mas o Partido Socialista decidiu pelo voto contra. No debate da especialidade, os partidos proponentes chegaram depois a acordo para a constituição de uma resolução conjunta, que juntasse as diversas propostas e acabou por ser aprovada em plenário. 

Segundo a distrital do Bloco, “a Mata Nacional de Leiria e restantes matas litorais estão verdadeiramente entregues ao abandono, enquanto o Governo e o Partido Socialista se desculpam com a necessidade de aguardar pela regeneração natural, isto é, dizem que é preciso esperar mais uns anos pela germinação espontânea das sementes existentes no solo. Não dá para esconder a realidade, qualquer cidadão percebe que as matas estão abandonadas, cortaram e venderam a lenha, mas nada mais aconteceu. As plantas invasoras estão a ocupar o espaço rapidamente e a comprometer a regeneração natural. Não há trabalhos de reflorestação a decorrer além do voluntariado e não se conhece qualquer plano de reflorestação. O ICNF e o Governo meteram na gaveta as recomendações da Comissão Científica para a recuperação das matas litorais e nem se conhecem as recomendações aceites”. 

Os bloquistas lamentam a posição do Partido Socialista de se colocar de fora do plano para a recuperação das matas públicas. 

O texto final do projeto de resolução do Bloco para a adoção de medidas para salvar as matas litorais foi aprovado. Pode consultar a proposta aqui: http://tiny.cc/gv4erz

Publicado por Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda em Sábado, 27 de junho de 2020

O projeto conjunto pede ao governo que aprove Planos de Requalificação e Reflorestação das matas litorais ardidas em 2017, que integre recomendações do Relatório de Comissão Científica de Recuperação das Matas Litorais, que promova um plano de recuperação da Mata Nacional de Leiria e que reforce as verbas para o Programa de Investimentos do ICNF 2018-2022, entre outras. 

 
Termos relacionados Política
(...)