You are here

NH Hotel Group quer despedir 66 trabalhadores em Portugal

O grupo hoteleiro espanhol dono dos Hotéis Tivoli vai fazer uma reestruturação no âmbito da sua aquisição por uma empresa norte-americana. O plano inclui o despedimento de 60 dos seus trabalhadores nos hotéis portugueses.
Hotel Tivoli Vilamoura.
Hotel Tivoli Vilamoura. Foto de Jim Moran. Flickr.

 

O NH Hotel Group tem 17 hotéis em Portugal e 160 no conjunto do sul da Europa. No nosso país, a marca espanhola é conhecida sobretudo pelo grupo de Hotéis Tivoli. Em reestruturação, o grupo anunciou esta terça-feira um despedimento coletivo que vai afetar 66 trabalhadores em Portugal.

A redução em 4,4% dos postos de trabalho no país surge na “sequência do processo de integração dos hotéis Minor na sua operação”. Em comunicado, a direção da empresa fala na “eliminação de cargos redundantes” feita numa “equipa com cerca de 1.500 profissionais”, uma decisão considerada “difícil, mas necessária assegurar a eficiência do negócio”.

Acrescenta ainda que “a incorporação dos hotéis em Portugal na sua operação exige a adequação da sua estrutura para os integrar de forma eficiente na gestão, evitando redundâncias e garantindo a viabilidade futura do grupo, num contexto global cada vez mais competitivo e complexo”.

No mesmo comunicado, o grupo empresarial propagandeia que “a proposta de compensação financeira estabelecida excede significativamente a aplicável pela lei” e quer evitar “processos judiciais e o prolongamento da incerteza que estas situações podem gerar”.

O NH Hotel Group nasceu em Navarra em 1978. Cresceu até ter 380 hotéis em 29 países. E, em 2018, passou a integrar um grupo maior, o norte-americano Minor Hotels, dono de 520 hotéis no mundo inteiro e que, curiosamente, foi também fundado no mesmo ano pelo multi-milionário tailandês-americano William Ellwood Heinecke. A operação custou 2,6 mil milhões de dólares.

Termos relacionados Sociedade
(...)