You are here

Milhares de refugiados Rohingya obrigados a fugir outra vez devido às cheias

As chuvas no sudeste do Bangladeche afetaram 21.000 Rohingya e destruíram abrigos e muitas instalações nos campos de refugiados. Para além de milhares de deslocados, há várias vítimas mortais tanto entre os refugiados quanto entre a população local.
Campo de refugiados Rohingya inundado na região do Bazar de Cox. Foto de TANBIRUL MIRAJ RIPON/EPA/Lusa.
Campo de refugiados Rohingya inundado na região do Bazar de Cox. Foto de TANBIRUL MIRAJ RIPON/EPA/Lusa.

Depois das perseguições, as cheias. Mais de 21.000 refugiados Rohingya foram afetados pelas cheias que atingem o sudeste do Bangladeche, informou a Agência para os Refugiados da Organização das Nações Unidas. Estes vivem no país depois de terem sido obrigados a fugir de Myanmar em 2017 devido à perseguição que lhes foi movida pelo exército birmanês. Atualmente, há quase um milhão de Rohingya a viver em campos de refugiados no distrito de Bazar de Cox, perto da fronteira.

Esta região foi afetada por fortes chuvas das monções que levaram a deslizamentos de terras e inundações. Entre os refugiados, seis pessoas morreram, três dos quais crianças, e 13.000 foram forçadas a deslocar-se, uma vez que 4.000 abrigos foram destruídos ou danificados nos últimos dias, para além de muitas outras instalações como casas de banho e centros de saúde. A população local também foi fortemente afetada: quinze pessoas morreram e mais de 200.000 foram obrigadas a deslocar-se.

Nos próximos dias, as condições meteorológicas podem vir a agravar-se avisa Manuel Marques Pereira, adjunto do chefe de missão para o Bangladeche da Organização Internacional para as Migrações. O responsável da ONU avisa que “apesar das múltiplas medidas de redução de riscos que estão a ser implementadas, o facto dos campos estarem a abarrotar, a chuva excessiva e a pobre qualidade dos solos tornam extremamente difícil lidar com os elementos”. O acesso a muitos dos campos continua condicionado devido aos estragos nas estradas e pontos.

Termos relacionados Ambiente
(...)