You are here

Michel Temer: Presidente golpista olimpicamente vaiado na abertura dos Jogos Olímpicos

Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, o chefe de Estado do país organizador não foi anunciado. No final da cerimónia, Michel Temer tomou da palavra e foi olimpicamente vaiado no estádio do Maracanã. Notícia atualizada às 12:00.
Michel Temer, ex-vice e ex-aliado de Dilma, foi um dos principais promotores do golpe que afastou presidente eleita.

O arranque formal dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro fica, desde já, marcado por uma quebra pouco comum no protocolo. O presidente interino brasileiro, Michel Temer, não foi anunciado ao lado de Thomas Bach, o presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), no início da cerimónia de abertura no estádio do Maracanã.

O protocolo previa que o chefe de Estado fosse anunciado, conjuntamente com o presidente do COI, mas só o segundo o acabaria por ser. Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, o presidente do país organizador não foi anunciado.

A imprensa brasileira avança que, à última hora, Michel Temer pediu para que o seu nome não fosse anunciado por recear ser vaiado em pleno estádio do Maracanã, com todo o mundo a assistir em direto.

Um grupo de brasileiros preparou-se para dar o “maior sermão da história” ao presidente interino. O plano passava por gritar “Fora, Temer” em três ocasiões distintas: após tocar o hino brasileiro, durante e após o discurso de Temer e após a atuação da cantora Elza Soares.

A organização dos Jogos Olímpicos do Rio preparou, inclusive, um plano para abafar as vaias e os apupos. Logo após Temer falar estavam preparados para aumentar o som da música. Segundo o diário brasileiro Folha de São Paulo o objetivo era evitar que as emissoras de televisão captassem um possível momento constrangedor com vaias ou insultos do público contra Michel Temer.

No final da cerimónia, Michel Temer acabaria por falar e enfrentar uma olímpica vaia captada em direto pelas televisões de todo o mundo. "Depois desse maravilhoso espetáculo, declaro abertos os Jogos da 31ª Olimpíada", declarou Temer no microfone, enquanto se ouviam apupos em todo o estádio.

Michel Temer assumiu interinamente a presidência do país após Dilma Roussef, a presidente eleita, ter sido afastada através de um processo de impeachment instaurado pelo Congresso dos Deputados. Temer, ex-vice e ex-aliado de Dilma, foi um dos principais promotores deste golpe.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
Comentários (3)