You are here

Mediterrâneo: Operação de resgate salva mil refugiados

Cerca de mil refugiados foram salvos este sábado no decurso de várias operações de resgate ao largo da costa da Líbia.
Foto noborder network/Flickr
Foto noborder network/Flickr

Ao início do dia, a embarcação Dignity 1, fretada pelos Médicos Sem Fronteiras (MSF), prestou socorro a várias pessoas que se encontravam já na água, perto de um bote de borracha. Cinco adultos e quatro crianças morreram e há ainda dez pessoas que estão desaparecidas, mas o número de vítimas pode ser mais elevado.

A guarda costeira italiana, que comanda as operações de resgate no Mediterrâneo Central, divulgou um balanço provisório de mil refugiados resgatados durante todo o dia.

as condições sórdidas a bordo destas embarcações que transportam refugiados podem tornar-se mortais num curto espaço de tempo

Desconhecem-se ainda as causas que estiveram na origem das mortes embora as autoridades avancem que estas podem estar relacionadas com afogamento, queimaduras, asfixia ou desidratação.

As autoridades referem que as condições sórdidas a bordo destas embarcações que transportam refugiados podem tornar-se mortais num curto espaço de tempo.

Os corpos das vítimas foram transferidos para o navio norueguês Siem Pilot, que já transportava mais cinco cadáveres de outros migrantes encontrados na sexta-feira.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), em 2016 já chegaram à Europa através do mar Mediterrâneo mais de 319 mil pessoas, tendo morrido 3654 pessoas.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)