Marisa exige que Cavaco responda à “vontade democrática dos portugueses”

18 de November 2015 - 17:41

A candidata presidencial falou esta quarta-feira aos jornalistas para comentar o calendário de Cavaco Silva, que receberá os partidos na sexta-feira, e avisou que o “PR não pode ignorar cinco milhões de votos”.

PARTILHAR
Foto Paulete Matos

Numa altura em que o país está em suspenso à espera de uma decisão do ainda Presidente da República, Marisa Matias declarou que se Cavaco Silva, em 2011, “aceitou com naturalidade a maioria de direita, em 2015 tem que aceitar com a mesma naturalidade a maioria de esquerda”.

“O Presidente da República pode reunir-se com bem entender, não pode é ignorar cinco milhões de votos”, afirmou Marisa Matias, reagindo aos encontros do PR esta quarta-feira com os banqueiros, e quinta-feira com um conjunto de economistas.

A candidata a Presidente da República criticou, ainda, a demora de Cavaco Silva “em executar as suas próprias funções” – num claro contraste com a rapidez com que executava as funções da Assembleia da República -, e adiantou que este “é um tempo perdido para a democracia e para a economia em Portugal”.

Marisa Matias é actualmente deputada ao Parlamento Europeu, Vice-Presidente do Partido da Esquerda Europeia, e desde o passado dia 7 de Novembro, candidata a Presidente da República.

Para propor a sua candidatura, clique aqui.