You are here

Mariana Mortágua na cimeira por um Plano B na Europa

A deputada bloquista participa este fim de semana em Paris na iniciativa lançada por Jean-Luc Mélenchon, Yanis Varoufakis e Oskar Lafontaine. O encontro vai debater o futuro do euro e do projeto europeu, bem como a política da esquerda para as dívidas públicas e o comércio internacional.
Cimeira Europeia por um Plano B para a Europa –14 e 15 de novembro em Paris

A ideia da cimeira por um Plano B para a Europa surgiu após a realização do referendo na Grécia e da chantagem europeia sobre o governo grego na cimeira de Bruxelas, que levou à cisão no Syriza. Alguns dos protagonistas que abandonaram o novo rumo do governo de Alexis Tsipras, como o ex-ministro das Finanças Yanis Varoufakis e a presidente do parlamento grego Zoe Konstantopoulou, irão intervir nesta cimeira cujo anfitrião é o Partido de Esquerda de Jean Luc Mélenchon.

A intervenção de abertura no sábado será feita pelo ex-ministro das Finanças lemão Oskar Lafontaine e o programa dos debates conta com figuras da esquerda europeia, como os eurodeputados Fabio de Masi (Die Linke), Javier Couso (Izquierda Unida), Nikolaos Chountis (ex-Syriza) ou Lola Sanchez (Podemos). A encerrar os trabalhos do primeiro dia estará o ex-ministro das Finanças de Itália Stefano Fassina.

Para além da bloquista Mariana Mortágua, falarão economistas, historiadores, jornalistas, cineastas, sindicalistas e investigadores de Espanha, Itália, França, Dinamarca, Eslovénia, Tunísia, Mali, Ecuador, Inglaterra, Senegal, Holanda e Suíça. Entre eles estão Costas Lapavitsas, Susan George, Eric Toussaint, Romaric Godin ou Bernard Cassen.

A cimeira por um Plano B na Europa tem início às 13 horas de sábado e as sessões em plenário poderão ser acompanhada em direto no Youtube em francês e inglês.

Termos relacionados Política
(...)