You are here

“Mais um verão quente pela suspensão das portagens no Algarve”

A Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI) assinala que “o governo PS nada fez para acabar com umas portagens injustas e criminosas que continuam a destruir muitas famílias” e promete “intensificar a luta”. Estão já agendadas ações para os dias 17, 23 e 31 de julho.
Foto da Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI).

No comunicado divulgado na sua página de facebook e blogue, a Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI) lembra que “havia a perspetiva que o novo governo do Partido Socialista pusesse um ponto final à tragédia que se abateu na região com a introdução de portagens, no final de 2011, pelo anterior governo PSD/CDS2”.

“Todavia, nada se alterou”, lamenta a CUVI, assinalando que “o governo PS nada fez para acabar com umas portagens injustas e criminosas que continuam a destruir muitas famílias e o Algarve, como inclusivamente, votou na Assembleia da República, ao lado do PSD e do CDS/PP, contra diversas propostas de outras forças políticas que propunham a abolição das portagens na Via do Infante”.

Os utentes da Via do Infante recordam ainda que “o governo PS tarda em cumprir o que foi aprovado no Parlamento em maio passado – uma redução no tarifário das portagens (um mero paliativo, mas que permitiria algum alívio)”.

 “O Verão já começou, a EN125 transformou-se num estaleiro a céu aberto, as obras persistem, o calvário infernal de utentes e populações continua a agravar-se, sem fim à vista e com agosto à porta. Desde o início do ano já ocorreram no Algarve cerca de 5.000 acidentes, com muitos mortos e feridos, grande parte na “rua urbana” 125”, referem.

 Salientando que “António Costa não se pode comportar como Passos Coelho” e que “a PPP da Via do Infante agrava a ruína da região e do país, ao permitir a canalização de muitos milhões para os bolsos da concessionária”, a Comissão de Utentes anuncia que “vai intensificar a luta neste verão pela suspensão das portagens no Algarve”.

 A CUVI apela à participação dos utentes e populações nas várias iniciativas já agendadas, bem como naquelas que serão marcadas pelo fator surpresa.

No próximo domingo, dia 17 de julho, pelas 10h horas, a Comissão de Utentes voltará a participar no grande desfile de motas em Faro, organizado pelo Motoclube de Faro. Já no dia 23 de julho, sábado, terá lugar uma marcha lenta de viaturas na EN125, com partida pelas 17h horas junto ao Motoclube do Guadiana, na localidade de Aldeia Nova, Vila Real de Santo António, terminando em Conceição de Tavira.

No dia 31 de julho, domingo, será promovida uma nova macha lenta de viaturas pela EN125, com partida de Almancil (junto ao supermercado Apolónia) pelas 11h horas, terminando em Fonte de Boliqueime.

A CUVI avança ainda que, “caso o 1º Ministro ou o Presidente da República passem férias no Algarve, poderão contar com protestos anti-portagens junto às suas residências de veraneio”.

Termos relacionados Sociedade
(...)