You are here

Madeira: PSD/CDS querem ter maioria absoluta em todas as comissões parlamentares

Apesar de o eleitorado não ter dado a maioria absoluta ao PSD/CDS, a proposta de distribuição de deputados pelas comissões garante-lhes essa maioria. Deputado do Bloco votou contra.
Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira
Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira. Foto Rachimbourg /Wikipedia

Com o apoio do PAN e a abstenção da Iniciativa Liberal e do Chega, a coligação PSD/CDS conseguiu na secretaria o que não obteve nas urnas: a maioria absoluta em todas as comissões parlamentares.

Em comunicado, o deputado bloquista Roberto Almada anunciou o voto contra esta proposta de distribuição que "distorce completamente a vontade dos eleitores que apenas conferiu à Coligação PSD/CDS uma maioria relativa".

Em intervenção realizada na reunião da Conferência dos Representantes dos partidos, Roberto Almada enfatizou que a maioria absoluta só se poderia verificar numa das Comissões, ou seja, naquela em que o PAN (que apenas pode pertencer a uma Comissão) estivesse representado. "Em todas as restantes o PSD/CDS não poderia ter maioria absoluta", argumentou o deputado do Bloco.

Mas na votação prevaleceu a vontade de PSD, CDS e PAN, que contaram com a abstenção dos restantes dois partidos da direita madeirense.

Termos relacionados Madeira, Política
(...)