You are here

Lusa: Trabalhadores marcam concentrações a 3, 4 e 10 de novembro

Trabalhadores protestam a redução de verbas atribuídas à Agência e a redução em 20% da indemnização compensatória.
Edifício da Agência Lusa.
Edifício da Agência Lusa. Foto de Inácio Rosa/Lusa (arquivo)

Ao longo do último mês, os trabalhadores da Agência Lusa têm-se vindo a manifestar contra a possibilidade de corte orçamental no próximo ano, que a Comissão de Trabalhadores teme que conduza à demissão de profissionais, à redução da produção, degradação de condições contratuais e sobrecarga da estrutura da Lusa. 

Contra essa perspetiva, os trabalhadores aprovaram em plenário várias ações de protesto para o próximo mês, com o lema “destruir a Agência Lusa é atacar a democracia”: a 3 de novembro, a partir das 10h farão uma concentração junto à presidência do Conselho de Ministros; dia 4 de novembro, a partir das 12h organizam uma concentração junto à Assembleia da República; a 10 de novembro, a partir das 14h, convocam uma concentração junto à Assembleia da República, no dia da audição do ministro da Cultura na Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, em debate de especialidade do Orçamento do Estado para 2017.

A Lusa é a única agência noticiosa portuguesa e a atual proposta de redução orçamental de 2,6 milhões de euros na verba prevista no Orçamento do Estado surpreendeu tanto os trabalhadores, como a própria Direção de Informação. 

O deputado bloquista Jorge Campos, que se reuniu com a Comissão de Trabalhadores no passado dia 21, manifestou a sua solidariedade com os trabalhadores e afirmou então que, para o Bloco, o ideal seria ver esta “situação resolvida ainda antes do Orçamento do Estado começar a ser discutido na especialidade”.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)