You are here

Linha do Vouga: Movimento exige linha modernizada e mais comboios

Para o início de 2022 está previsto o começo da remodelação da Linha do Vouga. Movimento considera que “é preciso uma intervenção total de ponta a ponta para preservar aquilo que sobrou de Oliveira de Azeméis a Sernada do Vouga”.
Linha do Vouga - Foto de Nélson Silva | Flickr

Está prevista uma remodelação da linha ferroviária do Vouga que terá início no ano de 2022, com um investimento global superior a 34 milhões. A obra deve durar até 2025, segundo a TSF.

O movimento cívico pela linha do Vouga assinala esta segunda-feira, com uma concentração junto à estação de Sernada do Vouga, dez anos de luta pela preservação do transporte ferroviário na região.

Aníbal Bastos, um dos fundadores do coletivo, lembra que o Vouguinha teve a morte anunciada há dez anos, mas hoje está garantida a circulação de comboios. No entanto, ainda há muito a fazer “não pela falta de passageiros, mas pelo desprezo dos governantes ao longo das décadas”.

O ativista referiu que “para reverter essa situação é preciso uma intervenção total de ponta a ponta para preservar aquilo que sobrou de Oliveira de Azeméis a Sernada do Vouga”, exigindo que a linha deve ser modernizada e são necessários mais comboios em circulação.

Termos relacionados Sociedade
(...)