You are here

"Já conseguimos tirar a direita de São Bento, falta tirá-la de Belém"

A candidata presidencial lembrou este sábado em Santarém que, se houve atrasos [orçamentais] neste país, é porque houve um Presidente da República que não respeitou a democracia” e não porque “as instituições não estejam a funcionar bem”.

A eurodeputada e candidata a Belém esteve este sábado na Sala de Leitura Bernardo Santareno, em Santarém, onde, referindo-se aos comentários de Marcelo Rebelo de Sousa sobre o Orçamento do Estado, disse não saber “como é que um candidato a Presidente da República pode alinhar com a chantagem de Bruxelas e Berlim, que ameaçam o povo português”. Lembrou que ainda nem sequer discutimos o programa do Governo, e que “é preciso deixar que as instituições, cada uma no seu lugar, cumpram as suas funções". 

“Se houve atrasos neste país, esses atrasos devem-se ao arrastar de pés de Cavaco Silva que resolveu suspender a democracia por mais de 50 dias”, atirou, reafirmando a ideia de que é preciso dar tempo às instituições, discutir o orçamento no tempo certo, e não ceder à chantagem de Bruxelas e Berlim. A candidata acrescentou, ainda, que o candidato Marcelo Rebelo de Sousa tinha sido claro nos seus comentários, que mostravam bem o seu alinhamento, “que não tem a ver com o interesse colectivo deste país”. 

“Já conseguimos tirar a direita de São Bento, falta tirá-la de Belém”, afirmou.

 “Sou mulher, sou de esquerda, e sou feminista”. Foi assim que Marisa Matias se apresentou, enquanto afirmava que “há muito caminho para fazer em relação à igualdade entre homens e mulheres”. Apesar de considerar que o mérito das diversas candidaturas não advém do género, mas dos “programas de sociedade e transformação social”, frisou que “uma sociedade será cada vez mais justa e democrática de cada vez de nós sentirmos que todos os sectores da sociedade estão representados e se representam”, e que é em nome dessa sociedade que se candidata.

A sessão em Santarém contou ainda com intervenções de Carlos Matias, Margarida Moleiro e Fabíola Cardoso. A última sessão de apresentação da candidatura de Marisa Matias decorre este domingo em Braga, onde se fará acompanhar de Catarina Martins, de Pedro Soares, e de Helena Magalhães. Para propor a candidatura de Marisa Matias clique aqui.

Termos relacionados Política
Comentários (1)