You are here

Israel lança oito ataques aéreos sobre Gaza

No dia da vitória de Israel na Eurovisão, que aconteceu apesar dos protestos contra a sua participação e de vários pedidos de boicote, o exército israelita bombardeou o norte da Faixa de Gaza.
Neste “conflito”, palestinianos atiram paus e pedras e as tropas israelitas disparam, ferindo e matando, regularmente às cegas.
Neste “conflito”, palestinianos atiram paus e pedras e as tropas israelitas disparam, ferindo e matando, regularmente às cegas.

Os oito ataques aéreos aconteceram este sábado no norte da Faixa de Gaza, zona de Beit Hanoun. Israel garante ter atingido um túnel da resistência.

No mesmo dia, centenas de pessoas juntaram-se no território ocupado de forma a participarem nas cerimónias fúnebres de um palestiniano assassinado a tiro por protestar na sexta-feira junto à fronteira contra a ocupação israelita.

Nessa mesma sexta-feira, cerca de 15 mil palestinianos protestaram contra a ocupação israelita, protestando contra a Naqba (“a catástrofe”), dia que marca a criação do Estado de Israel e a expulsão de palestinianos das suas terras.

O Hamas diz que a violência poderá intensificar-se na próxima segunda-feira, dia em que se marca o aniversário do Estado de Israel e em que a Embaixada norte-americana se muda de Telavive para Jerusalém.

Entretanto, Israel decidiu ainda encerrar a passagem humanitária de Kerem Sholom, que permitia acesso àquele país a partir da Faixa de Gaza. O encerramento deverá acontecer também na segunda-feira e justifica-se pela “destruição” causada por “tumultos” oriundos do lado palestiniano.

Recorde-se que, neste “conflito”, palestinianos atiram paus e pedras e as tropas israelitas disparam, ferindo e matando, regularmente às cegas.

Termos relacionados Internacional
Comentários (1)