You are here

IRS: Novas tabelas de retenção dão alívio fiscal

Trabalhadores e pensionistas com rendimento anual até 40 mil euros terão este ano mais rendimento disponível ao fim do mês.
Foto SeniorLiving.Org/Flickr

As tabelas de retenção do IRS publicadas esta sexta-feira refletem já a atualização do Indexante de Apoios Sociais (IAS), que estabelece o mínimo de existência nos 9.150,96. Assim, a retenção na fonte começa este ano a partir de rendimentos mensais de 654 euros, quando em 2018 era a parte dos 632.

Segundo as contas do Correio da Manhã, os contribuintes com rendimento bruto até 40 mil euros anuais verão um alívio na retenção do IRS na folha salarial mensal. Um alívio que tem maior impacto nos primeiros dois escalões, permitindo por exemplo a um contribuinte com rendimento mensal de 670 euros receber mais 36.85 euros.

Os pensionistas com descendentes a seu cargo terão também um bónus fiscal, à semelhança do que já acontece com os trabalhadores por conta de outrém, com a redução de meio ponto percentual por descendente na taxa de retenção.

Consulte aqui as novas tabelas de retenção na fonte.

Termos relacionados Sociedade
(...)