You are here

Instaladas câmaras de vigilância para vigiar sepultura de Marx

Só este ano a sepultura de Karl Marx no cemitério de Highgate foi vandalizada duas vezes. Para prevenir novos ataques foram instaladas câmaras de segurança.
Busto de Karl Marx no cemitério de Highgate.
Busto de Karl Marx no cemitério de Highgate. Foto de Ann Wuyts/Flickr.

Em janeiro e fevereiro de 2019, a tumba de Karl Marx no cemitério de Highgate foi vandalizada à martelada. A placa original de mármore, colocada em 1883, ficou destruída e ainda está a ser restaurada. Grande parte do túmulo atual é uma obra bem mais recente, datando de 1954. Os atacantes tinham escrito também em tinta vermelha as expressões “doutrina de ódio” e “arquiteto de genocídio”.

Segundo notícia do jornal Guardian desta quarta-feira, de forma a prevenir novos ataques, o Marx Grave Trust, a entidade proprietária do monumento, mandou instalar câmaras de vigilância em dois troncos que ladeiam a sepultura.

Por estar classificada como monumento, a entidade foi obrigada a consulta os peritos da Historic England, o organismo público que supervisiona o património do país. Segundo os jornalistas, as câmaras passam despercebidas aos vários visitantes que foram entrevistados.

O grupo de Amigos do Fundo do Cemitério de Highgate declarou a este jornal que este será o primeiro monumento fúnebre deste cemitério a utilizar câmaras de vigilância e que o Marx Grave Trust pondera a colocação de avisos de que os visitantes estão a ser filmados.

Termos relacionados Internacional
(...)