You are here

Hospital de Braga: enfermeiros iniciam greve de quatro dias

Para reclamar o pagamento de 31 mil horas de trabalho já efetuado, os enfermeiros do Hospital de Braga iniciaram esta quinta-feira uma greve de quatro dias que se destina também a exigir a admissão de mais profissionais.

Os enfermeiros do Hospital de Braga, uma parceria público-privada gerida pela Mello Saúde, iniciaram esta quinta-feira uma greve de quatro dias pela exigência do pagamento imediato de 31 mil horas por trabalho já efectuado e que corresponde a 214 enfermeiros que deveriam estar a trabalhar na instituição.

Estes profissionais de saúde exigem ainda a admissão de mais enfermeiros, a existência de critérios transparentes para a avaliação do desempenho, horários legais, os 1.201euros para todos os enfermeiros, bem com a aplicação das 35 horas semanais.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) responsabiliza a administração por esta greve, inclusivamente porque, caso estivessem disponíveis para resolver os problemas e respeitassem os trabalhadores, teriam mantido a reunião agendada para o dia 27 de Setembro.

Os enfermeiros concentraram-se ao final da manhã à porta das instalações daquela unidade de saúde

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)