You are here

“Há uma onda de esperança que está a crescer”

Marisa Matias afirmou que “em democracia não há nada mais precioso que a vontade do povo” e sublinhou que a sua “candidatura foi buscar votos a vários setores da sociedade, da direita à esquerda”.
Foto de José Coelho/ Lusa

Marisa Matias afirmou que o resultado da sua candidatura “é uma expressão muito clara dessa onda de esperança que está a crescer no nosso país”, apesar do objetivo da segunda volta não ter sido atingido.

“Durante esta campanha milhares de pessoas me falaram das suas vidas, dos seus problemas, das suas lutas, muitas delas me pediram que não me esquecesse delas e que nunca desistisse. Eu quero aproveitar esta ocasião para lhes confirmar que não as esquecerei e que não vou desistir”, frisou.

Questionada sobre o que correu mal, salientou que “não foi nesta candidatura que [algo] correu mal, aliás, penso mesmo que ficou claro que esta candidatura foi buscar votos a vários setores da sociedade, da direita à esquerda, e seguramente que foi buscar muitos votos à abstenção e à desistência”.

A candidata presidencial apelou a todos para que não desistam, e deixou o recado que “ comigo podem contar sempre, juntos vamos conseguir, estou segura disso”.

Recorde-se que o resultado obtido por Marisa Matias é o melhor resultado registado por um/a candidato/a da área política do Bloco de Esquerda em eleições presidenciais, e é também o maior resultado obtido por uma mulher, ficando acima dos 418.961 votos obtidos por Maria de Lourdes Pintasilgo em 1986. Marisa Matias obteve 10,12% quando estão contabilizados 99,64% dos votos.

Presidenciais 2016 | Noite eleitoral | Marisa Matias

Termos relacionados Marisa 2016, Política
(...)