You are here

Greve climática dá dispensa de aulas em Nova Iorque

Greve climática marcada para 20 e 27 de setembro teve um impulso nos EUA com a dispensa de aulas em Nova Iorque, onde se realiza cimeira do clima da ONU. Em Portugal, estão previstas para o dia 27 manifestações em 25 localidades.
Manifestação da Greve Climática Estudantil em Lisboa, 15 de março de 2019. Foto de Paula Nunes.
Manifestação da Greve Climática Estudantil em Lisboa, 15 de março de 2019. Foto de Paula Nunes.

A cidade de Nova Iorque deu dispensa aos alunos das escolas públicas que queiram participar na greve climática estudantil marcada para os próximos dias 20 e 27 de setembro em todo o mundo. Em Portugal, as manifestações estão marcadas para dia 27.

Segundo o New York Times, a decisão de Nova Iorque galvanizou os organizadores da greve climática nos EUA, que esperam conseguir a maior mobilização de sempre no país em manifestações pela causa. As escolas públicas de Nova Iorque têm 1 milhão e cem mil alunos, que constituem o maior distrito escolar do país. Este já havia concedido dispensa de aulas em março do ano passado para manifestações estudantis pelo controlo de armas, motivadas pelo massacre na escola Marjory Stoneman Douglas, na Flórida, onde morreram 14 alunos. Nos EUA, as escolas públicas estão organizadas em distritos escolares que são responsabilidade da administração local. A expectativa dos organizadores é que o exemplo de Nova Iorque encoraje outros distritos escolares do país a fazer o mesmo.

Neste momento, a greve climática norte-americana tem anunciadas manifestações em 800 locais por todo o país. Nova Iorque destaca-se no panorama porque ali se realiza no dia 23 de setembro uma cimeira da ONU sobre o clima, onde estarão presentes líderes políticos de todo o mundo.

Greta Thunberg, a jovem sueca que desencadeou a onda de mobilização em agosto do ano passado, está nos EUA desde o mês passado, onde chegou após uma travessia do Atlântico de duas semanas num veleiro. A escolha do veleiro pretendia chamar a atenção para a elevada pegada de carbono da aviação.

Em Portugal, a greve climática realiza-se no dia 27 de setembro, culminando uma semana de ações que se inicia no dia 20. De momento, estão marcadas manifestações em 25 locais por todo o país, que se pode consultar na página de Facebook do movimento.

Termos relacionados Greve climática estudantil, Ambiente
(...)