You are here

Greenpeace cobre a sede do partido de Merkel de negro

Em protesto contra a política para o setor do carvão do principal partido do governo alemão, os ambientalistas escalaram o prédio da sede da CDU, cobrindo-o com panos negros.
Sede da CDU coberta de negro em protesto contra os apoios à indústria do carvão. Foto: Twitter.
Sede da CDU coberta de negro em protesto contra os apoios à indústria do carvão. Foto: Twitter.

O governo alemão promete ir desistindo da extração do carvão a longo prazo. Na próxima sexta-feira será votada legislação no sentido de tal acontecer até 2038. Os movimentos ambientalistas criticam a timidez das medidas face às alterações climáticas.

Por isso, ativistas da Greenpace realizaram na manhã desta quarta-feira uma ação no edifício da sede do partido da atual chanceler, Angela Merkel, a CDU. Escalaram ao topo do edifício e, a partir de lá, cobriram-no de panos negros. Também colocaram uma faixa com a cara do ministro da Economia, Peter Altmaier, na qual se lia “CDU: negócios obscuros com a indústria do carvão”. Em causa está a complacência com esta indústria que lhes vai dar um prazo alargado para desmantelar as suas fábricas e lhes vai permitir receber fundos, nos próximos anos, no valor de 4,35 mil milhões de euros. Para a organização ecologista, isso é “financiar o passado” e mais é um “negócio sujo” feito nos bastidores e que ignora o acordo de Paris.

 

Termos relacionados Ambiente
(...)