You are here

Furacão Ida deixou Nova Orleães sem energia

No dia em que se assinalam 16 anos desde a passagem do furacão Katrina, o estado norte-americano do Luisiana volta a ser alvo do impacto catastrófico das chuvas e ventos fortes.
Estrada inundada em Covington, no Luisiana.
Estrada inundada em Covington, no Luisiana. Foto Heath Allen/Twitter

O furacão Ida chegou ao estado da Luisiana no domingo, classificado como furacão de categoria 4, passando a tempestade tropical 16 horas depois. Nesse período, com ventos a atingirem mais de 200 kms/h e chuvas torrenciais a inundarem as terras à sua passagem, provocou pelo menos uma morte nos arredores de Baton Rouge, devido à queda de uma árvore.

A cidade de Nova Orleães, devastada pelo furacão Katrina há exatamente 16 anos, ficou sem energia elétrica e acesso aos serviços de emergência também sofreu falhas. Ao todo, mais de um milhão de pessoas foram afetadas pelo apagão na noite de domingo. Noutras localidades, as inundações deixaram casas isoladas, com o governador do Luisiana, John Bel Edwards, a avisar que as equipas de salvamento não conseguirão responder tão cedo aos pedidos de ajuda recebidos.

Na cidade de Jean Lafitte, a poucas dezenas de quilómetros a sul de Nova Orleães, boa parte da população tinha sido evacuada, mas há 200 pessoas isoladas e sem que as equipas de emergência possam deslocar-se em seu auxílio. “Já sofremos inundações no passado. Já sofremos tempestades. Mas nunca vi tanta água na minha vida”, disse à CNN o mayor da cidade, Tim Kerner Jr.

Ao contrário do que aconteceu há 16 anos, quando o Katrina deixou um rasto de destruição e 1.800 mortes, desta vez espera-se que o investimento feito após a catástrofe no reforço dos diques e infraestruturas sirva para conter os efeitos das inundações provocadas pelo Ida. O governo federal já aprovou a declaração de catástrofe solicitada pelo estado do Luisiana, que lhe permitirá aceder a fundos de emergência para acorrer às necessidades das próximas semanas.

Entre os inúmeros estragos em edifícios de Nova Orleães, também o do canal televisivo WGNO foi atingido, seguido do corte de energia:

Depois da passagem que afetou o Luisiana e o Mississipi, o furacão Ida prossegue o seu caminho em direção ao estado do Tennessee, também em estado de alerta para as chuvas torrenciais e cheias súbitas que são previstas durante a segunda e terça-feira.

Termos relacionados Internacional
(...)