You are here

França devolve 26 peças de arte ao Benin

As peças foram saqueadas pelas tropas francesas no final do século XIX. Metropolitan Museum de Nova Iorque também está a investigar a origem de 45 artefatos cambojanos.
Museu do Quai Branly/Paris - Foto de Gabriel Fernandes | Flickr

Mais uma devolução de dezenas de peças na posse da França vai acontecer nos próximos meses: Desta vez é uma série de peças provenientes do Benin, segundo o jornal Expresso. As peças foram saqueadas pelas tropas francesas nos anos 90 do século XIX, durante as guerras com o reino de Dahomey.

As peças em questão incluem estátuas, tronos e machados cerimoniais e foram oferecidas ao primeiro Museu de Etnografia francês pelo general que combateu contra o rei de Dahomey.

Em 2020, a França aprovou a restituição das peças que eram património do Estado há mais de um século.

Entretanto, em Nova Iorque, o Metropolitan Museum também anunciou que vai investigar a história de 45 objetos cambojanos. Estas peças foram produzidas pelo império Khmer, entre os séculos IX e XV.

O museu referiu que “o Met tem uma longa e bem documentada história de responder a alegações respeitantes a obras de arte, restituindo objetos quando apropriado, sendo transparente sobre a proveniência das obras da sua coleção, e apoiando investigações mais aprofundadas através da partilha de toda a informação conhecida sobre os proprietários".

Termos relacionados Cultura
(...)