You are here

Foram plantadas árvores contra mina de lítio em Montalegre

A Associação Montalegre Com Vida convocou o protesto salientado que a área é reserva da biosfera e que a exploração mineira pode causar perda de empregos agrícolas e no turismo e escassez de água.
Protesto contra a mina de lítio a céu aberto em Montalegre. Foto de Montalegre Com Vida/Facebook.
Protesto contra a mina de lítio a céu aberto em Montalegre. Foto de Montalegre Com Vida/Facebook.

Este sábado, cerca de 150 pessoas juntaram-se em Morgade, Montalegre, para protestar contra a construção de uma mina de lítio a céu aberto. Na vigília, fez-se uma caminhada pelos locais onde já se fizeram prospeções, plantaram-se aí árvores e houve uma tertúlia com comida e música.

A organização foi da Associação Montalegre Com Vida a que se juntaram outras associações ambientalistas. Um porta-voz desta associação, Armando Pinto, explicou à Lusa que, com a pandemia da covid-19, foram interrompidas várias das ações que estavam previstas. Este protesto pretendia assim vincar que a “luta contra as minas não esmoreceu” e que estão “dispostos a ir até onde for necessário para proteger a nossa terra”.

Os ambientalistas realçam que o concelho de Montalegre é reserva da biosfera. Armando Pinto diz que “custou muito conquistar esse selo e temos a informação de que se houverem minas nos dois concelhos o selo vai ser perdido. Será extremamente grave perder um selo único na Europa”. A área é considerada também Património Agrícola Mundial.

Para além disso, preocupa-os que, segundo o resumo não-técnico do projeto apresentado pela Lusorecursos Portugal Lithium, a mina e área industrial a ela ligada “irá consumir 5 mil metros cúbicos de área por dia” que vai ser retirada à barragem do Alto Rabagão. Esta “abastece o norte de Portugal”. Pensam que poderá faltar água no futuro.

À rádio do Observador, o mesmo dirigente associativo fala em “atentado ambiental” e soma outra preocupação às já referidas: a perda de empregos. Segundo ele, as 120 explorações agrícolas das redondezas serão afetadas, tal como os empregos no turismo. Assim, a região poderá vir a perder empregos.

Termos relacionados Ambiente
(...)