You are here

Ferreira do Zêzere: Incêndio provoca um morto e destrói viatura de sapadores florestais

Outra viatura de combate ficou bastante danificada. Deputado bloquista Carlos Matias já questionou Governo como e quando irá “repor urgentemente os meios que permitam aos sapadores florestais da Florzêre exercer plenamente a sua capacidade operacional”.

Na madrugada do dia 10 de agosto, um incêndio de origem desconhecida provocou um morto, um vigilante informal do parque de viaturas da Florzêzere – Associação de Desenvolvimento Florestal do Concelho de Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém.

O fogo destruiu integralmente uma viatura de combate a incêndios, ao serviço dos sapadores florestais enquadrados pela associação. Uma outra viatura de combate ficou muito danificada. A operacionalidade das duas equipas de sapadores florestais ficou muito reduzida. Tal acontece num período extremamente crítico do combate aos incêndios.

Carlos Matias, deputado do Bloco de Esquerda, esteve no local a inteirar-se da situação. Em contacto com José Manuel Russo, Presidente da Junta de Freguesia de Nª Sª do Pranto (Ferreira do Zêzere) e da Florzêre, o deputado bloquista avaliou os estragos e tomou conhecimento dos esforços que estão a ser desenvolvidos para ultrapassar as limitações operacionais dos sapadores. Ao esquerda.net, afirmou tratar-se de um “problema que tem de ser rapidamente ultrapassado”, pois “o concelho de Ferreira do Zêzere é muito florestado e a atividade dos sapadores é essencial”.

Entretanto, o Grupo parlamentar Bloco de Esquerda já perguntou ao Governo como e quando irá “repor urgentemente os meios que permitam aos sapadores florestais da Florzêre exercer plenamente a sua capacidade operacional”.

Termos relacionados Política
(...)