You are here

Feira mundial de teatro de bonecos em Freixo de Espada à Cinta

Entre 2 e 4 de setembro, Freixo de Espada à Cinta vai acolher uma Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas, contando com a presença de 19 companhias de vários pontos do mundo.
Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas – Imagem publicada em https://www.facebook.com/feirafreixo2021
Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas – Imagem publicada em https://www.facebook.com/feirafreixo2021

Segundo a Lusa, na feira de teatro vão participar 19 companhias da Europa e da América Latina, tais como Telba Carantoña, da Venezuela, Monicreques de Kukas, da Galiza, Neamera Teatro e Antonella D'Ascenzi, de Itália, ou os também espanhóis Títeres de Cacaramusa.

O mentor do projeto, Moncho Rodriguez, diretor da Associação Artística e Cultural Malazartes, diz que a vila de Freixo de Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança, poderá contactar com artistas de renome internacional e ter acesso, em primeira mão e de forma gratuita, a antestreias de recentes criações e espetáculos.

“Neste espaço vai caber tudo. Do tradicional ao moderno, a Feira de Teatro de Bonecos, Marionetas e Formas Animadas vai abrir portas aos negócios, aos encontros, aos espetáculos, às oficinas, às criações, aos cursos, à fantasia”, vincou o também encenador à Lusa.

Ao longo dos três dias do certame, 2, 3 e 4 de setembro, haverá mais duas dezenas de ações e representações que terão como palco locais como a Igreja Matriz, o Museu da Seda, o Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Largo do Castanheiro, para além de escolas e do próprio centro histórico da vila transmontana.

Moncho Rodriguez, que é o nome artístico de Ramon Rodriguez Guisande, um encenador de nacionalidade espanhola, que reside em Portugal há mais de trinta anos, considera importante unir educação, cultura, arte e turismo, pelo que a feira será uma oportunidade para promoção deste território.

“Vejo muita potencialidade em Freixo de Espada à Cinta. Acredito que este é um local com capacidade para acolher e até mesmo desenvolver outros projetos artísticos com claro envolvimento das suas gentes, que até agora tiveram e vão continuar a ter um trabalho fundamental”, enfatizou.

“O projeto incentiva, ainda, o envolvimento de professores e educadores nos processos criativos, abrindo espaço para as residências de criações artísticas. Ao atrair público de outros lugares, tanto portugueses como estrangeiros, estará facilitado o intercâmbio entre a comunidade e os grupos convidados”, afirmou ainda.

A Feira de Teatro de Castela e Leão, que se realiza em Ciudad Rodrigo (Espanha), associou-se ao projeto português, em regime de parceria.

Mais informação na página da Feira no facebook: https://www.facebook.com/feirafreixo2021

Termos relacionados Cultura
(...)