You are here

Estivadores promovem manifestação nacional a 20 de setembro

O SEAL - Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística convocou para a próxima quinta-feira uma manifestação, às 15h, entre o Cais do Sodré e a Assembleia da República, contra a precariedade e para exigir respeito pela livre opção sindical e o desbloqueamento da negociação coletiva.
Foto publicada na página do Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística no Facebook.

No passado dia 13 de agosto, os estivadores iniciaram uma greve ao trabalho suplementar “como resposta a um ataque generalizado aos sócios do SEAL - Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística e à própria instituição que representa mais de 500 estivadores e outros profissionais que trabalham nos 8 portos onde detemos representatividade”.

Os estivadores exigem respeito pela livre opção sindical e que cessem o assédio, as discriminações e as ameaças constantes aos trabalhadores filiados no SEAL, por parte dos diferentes grupos económicos que dominam os portos.

Entre as reivindicações que sustentam esta luta está igualmente o respeito pelos acordos assinados e o desbloqueamento da contratação colectiva “a caminho de um contrato coletivo de trabalho de âmbito nacional”.

Em causa está ainda a redução drástica da precariedade e a “eliminação da prática disseminada de haver estivadores de primeira e de segunda, em termos de direitos, para trabalho igual”.

O SEAL apela “a todos os estivadores, a todos os cidadãos que se empenham no combate efectivo à precariedade e a todos os que não abrem mão da luta por trabalho com direitos, sem discriminações de qualquer tipo, que participem na manifestação marcada para o próximo dia 20 de Setembro, às 15 horas, entre o Cais do Sodré e a Assembleia da República”.

Termos relacionados Sociedade
(...)