You are here

Estado não pode continuar a ignorar antigos mineiros

O Bloco vai apresentar um projeto de lei no Parlamento para repor justiça em relação aos antigos trabalhadores da Empresa Nacional de Urânio (ENU).
Catarina Martins em contato com antigos mineiros. Foto de Luís Costa

No final de uma visita às antigas instalações da Empresa Nacional de Urânio (ENU) situada na Urgeiriça, concelho de Nelas, Catarina Martins afirmou que “ era bom que no próximo dia 22 de janeiro déssemos um passo para garantir a toda a gente o tratamento e que não haja mais injustiças, nem mais trabalhadores ou famílias excluídas da compensação que lhes é devida".

"No dia 22, vamos debater um projeto do Bloco para repor a justiça no acesso às pensões de invalidez, acesso à compensação por doença, compensação das famílias por morte, de pessoas que trabalhando nestas minas tiveram doenças, nomeadamente cancro e que têm sido alvo de uma injustiça, não tendo o apoio que o Estado lhes deve dar", sublinhou.

Para Catarina Martins a luta dos antigos mineiros tem permitido que tenham sido dados passos mas a legislação tem sido feita sempre de maneira a excluir alguns trabalhadores.

"Têm sido excluídos os trabalhadores que não estavam aqui no momento do fecho da mina, mas que aqui trabalharam vários anos e acabaram por ter as repercussões na sua saúde, com toda a radioatividade e radiação da mina", sublinhou.

Para a porta voz do Bloco, “o trabalho dos antigos mineiros foi feito em nome do país e porque lhes foi pedido, não trabalharam nas condições que decidiram mas que lhes deram, e acabaram por contrair doenças tão graves e devem ser apoiadas".

Refira-se que os antigos trabalhadores da Empresa Nacional de Urânio (ENU) lutam há vários anos para que lhes sejam pagas indemnizações devido à exposição à radioatividade a que estiveram sujeitos.

O presidente da Associação dos Ex-trabalhadores das Minas de Urânio, António Minhoto, disse esperar que no próximo dia 22 "finalmente seja feita justiça", depois de uma luta que tem mais de 15 anos.

"Chegou a hora dos mineiros verem que a Assembleia da República cumpriu a sua missão, que a democracia venceu, e a dignidade e justiça foram repostas", concluiu.

Artigos relacionados: 

AttachmentSize
PDF icon projeto de lei70.3 KB
Termos relacionados Sociedade
(...)