You are here

Estado Islâmico reivindica atentado de Nice

Numa mensagem difundida pela agência noticiosa A’maq, ligada ao Estado Islâmico (Daesh), a organização jihadista assinala que o autor dos ataques, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, é um dos seus “soldados”.

O atentado em Nice foi "uma resposta ao apelo para atacar os países da coligação que combatem" o Daesh na Síria e no Iraque, lê-se no comunicado. A organização jihadista, que reivindica a autoria do massacre que vitimou 84 pessoas na noite de quinta-feira, Dia da Bastilha, na cidade do Sul de França, avança que Mohamed Lahouaiej Bouhlel "é um soldado do Daesh".

Atualmente estão detidas cinco pessoas sob suspeita de ligação ao atentado. A ex-mulher de Mohamed Lahouaiej Bouhlel continua sob custódia, bem como o homem que foi detido na sexta-feira. Este sábado de manhã as autoridades francesas deteram mais três homens.

O comunicado do Daesh, bem como as novas três detenções, decorreram no momento em que decorre a reunião do Conselho de Defesa e Segurança francês.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)