You are here

Estado comparticipa primeiro medicamento à base de cannabis

O medicamento deverá estar no mercado português em setembro. O seu objetivo é aliviar sintomas em doentes com esclerose múltipla.
Foto de Martijn/Flickr.
Foto de Martijn/Flickr.

O Infarmed aprovou a comparticipação do primeiro medicamento à base de cannabis em Portugal, Sativex, aprovado para o alívio da espasticidade moderada a grave associada à esclerosa múltipla. O Estado irá suportar 37% do preço por embalagem. A empresa responsável pela comercialização na Europa aponta para setembro para que o medicamento esteja no mercado português.

O Infarmed esclarece que o Sativex “inclui-se no grupo dos analgésicos e antipiréticos e é comparticipado pelo escalão C — 37%”. O prodto estará à venda nas farmácias.

O medicamento está autorizado em Portugal desde 2012, mas só agora a empresa conseguiu avançar com o processo de comercialização. Antes disto, podia ser adquirido através de um pedido de autorização especial.

Atualmente, cada embalagem custa 475 euros, embora possa ter sido negociada uma descida de preço.

Termos relacionados Sociedade
Comentários (1)