You are here

“Encerrar Almaraz”, gritou-se em Madrid

Milhares de pessoas participaram na manifestação ibérica pelo encerramento de Almaraz, que decorreu neste sábado em Madrid. Catarina Martins salientou que “tanto em Portugal como em Espanha” as pessoas estão a mobilizar-se contra o perigo nuclear.
"Encerrar Almaraz e todas as demais" - faixa da manifestação realizada em Madrid - Foto esquerda.net
"Encerrar Almaraz e todas as demais" - faixa da manifestação realizada em Madrid - Foto esquerda.net

Teve lugar neste sábado, 10 de junho, em Madrid uma manifestação ibérica pelo encerramento da central nuclear de Almaraz. A manifestação foi convocada por associações ambientalistas de Portugal e de Espanha e teve o apoio de movimentos sociais e partidos políticos de esquerda dos dois países. O Movimento Ibérico Antinuclear (MIA) refere que estiveram presentes representantes de mais de 125 organizações dos dois países ibéricos.

Segundo a agência Lusa, os participantes no protesto gritaram palavras de ordem como “Não ao nuclear, fechar Almaraz”, “Fechar Almaraz, descanse em paz” ou “Nós só queremos fechar Almaraz”.

Em declarações à agência, o MIA defendeu que o governo espanhol encerre as centrais nucleares existentes em Espanha, à medida que forem caducando as atuais licenças de exploração, e defendeu também a passagem para um modelo energético “renovável, justo e sustentável”.

“Entre 2020 e 2024 expiram todas as licenças de exploração das centrais nucleares espanholas e o objetivo é reclamar que não sejam renovadas”, explicou Pablo Castejon, coordenador do MIA, acrescentando que “os industriais espanhóis querem renovar as atuais licenças sem que haja um debate público sobre o nuclear”.

Central nuclear de Almaraz já devia ter encerrado”

Milhares de pessoas participaram na manifestação em Madrid – Foto esquerda.net
Milhares de pessoas participaram na manifestação em Madrid – Foto esquerda.net

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, participou na manifestação e declarou que “a central nuclear de Almaraz já está obsoleta, já devia ter encerrado”, sendo “absolutamente inaceitável a decisão de manter esta central”.

“É um perigo para todos. É um perigo em Espanha e é um perigo em Portugal, porque Almaraz fica na fronteira, no Tejo e portanto é um risco muito grande para o nosso país”, afirmou Catarina Martins.

“Na Assembleia da República houve um consenso, uma unanimidade de todos os partidos para que o governo português junto do governo espanhol exigisse o encerramento de Almaraz” lembrou a deputada, apontando que o encerramento “não está a acontecer”, mas “tanta gente em Portugal como em Espanha”, mobiliza-se contra o perigo nuclear e “estão na rua a dizer que não dão o caso por encerrado”.

“Almaraz deve encerrar. Acho que esta mobilização popular, que é muito grande, que é vasta, que vai muito para lá dos partidos, é importantíssima e aquilo que estamos a defender é o ambiente, é a saúde pública, é o futuro de todos nós de um lado e do outro da fronteira”, realçou Catarina Martins.

Questionada pelos jornalistas se o governo espanhol vai ouvir a reivindicação, a coordenadora do Bloco de Esquerda afirmou:

Catarina Martins e Marisa Matias na manifestação em Madrid
Catarina Martins e Marisa Matias na manifestação em Madrid - Foto esquerda.net

“O governo espanhol tem tido crescentes dificuldades. Ainda não existe infelizmente uma maioria aqui em Espanha para acabar com a central nuclear de Almaraz e para ter uma outra visão sobre a energia nuclear. Mas como sabem, toda a esquerda, o Podemos, a Izquierda Unida e também o PSOE no parlamento já tomaram posição contra a continuidade de Almaraz. Também em Espanha alguma coisa começa a mudar. E começa a mudar pela mobilização popular, que existe nos dois lados da fronteira”, afirmou Catarina Martins.

“Julgo que o caminho é esse, não nos resignarmos ao perigo nuclear e continuarmos a lutar pela proteção de todos nós”, concluiu a coordenadora do Bloco de Esquerda.

Notícia atualizada às 20.05 de sábado, 10 de junho

Manifestação anti-nuclear em Madrid | ESQUERDA.NET

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Ambiente
(...)