You are here

Em breve Londres terá mais bicicletas que carros

A capital inglesa teve um aumento de 40 mil ciclistas em 1990 para 180 mil em 2014 e em breve o seu número ultrapassará o número de automóveis. Por Gustavo Figuereido.
Tendências dos meios de transporte das pessoas a entrar no centro de Londres durante a hora de ponta da manhã de um dia de semana, com as bicicletas a verde. Gráfico de Transport for London.

A bicicleta é uma revolução silenciosa e inevitável. Essa é a conclusão de um relatório do Transport for London (TfL), que indica que, em breve, o número de ciclistas será maior do que o de motoristas de carros na cidade inglesa.

De acordo com o estudo, o número de veículos particulares no centro da cidade caiu para metade, de 137 mil para 64 mil por dia na última década. Ao mesmo tempo, a quantidade de ciclistas mais que duplicou no mesmo período, de 12 mil e para 36 mil na região central. Além disso, quando levamos em conta os números da cidade inteira, houve um crescimento de 40 mil ciclistas em 1990 para 180 mil em 2014.

Isso aconteceu devido à implementação de portagens urbanas e aos altos níveis de congestionamento na cidade. Além do maior número de bicicletas, também foi verificado um aumento expressivo na quantidade de pessoas que se transportam pé e utilizando os transportes públicos, uma mudança sem precedentes quando falamos de grandescidades. Para fomentar esta tendência, Londres está a investir em diversas ações para facilitar a vida do ciclista, como a construção de ciclovias e a remodelação de ruas, favorecendo o uso da bicicleta. Com isso, esperam obter melhorias não só nos índices de engarrafamentos, mas também na qualidade do ar e no bem estar da população local.

Por Gustavo Figuereido, publicado originalmente em Mobilize - Mobilidade Urbana Sustentável a 10 de fevereiro de 2016.

Termos relacionados Sociedade
(...)