You are here

Em 6 meses, foram constituídas mais 37% de empresas imobiliárias

As principais empresas do setor estão a reforçar a sua presença em Portugal. Foram criadas mais 2278 empresas imobiliárias face ao mesmo período do ano de 2020.
Foto de Paulete Matos

O setor imobiliário entrou com força no ano de 2021, segundo o Diário de Notícias. Nos primeiros seis meses do ano, foram criadas 2278 empresas de compra e venda de imóveis, mediação e arrendamento, o que representa um aumento de 37% face ao mesmo período do ano anterior.

No total, nasceram 20.926 novas empresas do setor imobiliário neste ano, mas, mesmo assim, foram criadas menos 63 empresas do que no ano de 2019.

De acordo com dados disponibilizados pela Informa D&B, na área de compra e venda contabiliza-se a criação de 1432 sociedades, um aumento de 47% face ao período homólogo de 2020 e mais 6% do que em 2019.

Na área da mediação, angariação e avaliação imobiliária foram criadas 591 sociedades, o que representa um aumento de 30%, mas estão longe das 705 registadas em 2019.

Os distritos com um maior aumento de empresas criadas no setor imobiliário foram Lisboa (791), seguido do Porto (398), Braga (181), Setúbal (175), Faro (161) e Aveiro (108), segundo dados do Ministério da Justiça.

As principais redes imobiliárias a operar em Portugal aumentaram o número de agências e de consultores. Exemplo são a Century 21, RE/MAX e Keller Williams Portugal. No país, há mais de 3600 empresas de mediação imobiliária e cerca de 30 mil consultores.

 

Termos relacionados Sociedade
(...)