You are here

"É fundamental não recuarmos na mudança”

Marisa Matias afirmou que é fundamental que haja uma segunda volta nas presidenciais, e disse esperar que esta seja “uma batalha entre uma Presidente que apoia a mudança e um Presidente que quer voltar ao passado e recuar para o medo".
Foto de Paulete Matos

Ao segundo dia da campanha presidencial, Marisa Matias visitou o Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento, onde sublinhou que procurará disputar a segunda volta, tão fundamental para “não recuarmos na mudança” que tivemos ultimamente, que “foi uma escolha dos portugueses e das portuguesas”.

À primeira oportunidade [Marcelo] fará o que estiver ao seu alcance para derrubar o Governo atual”

A candidata notou que, se até há muito pouco tempo, Marcelo Rebelo de Sousa dizia que em poucas semanas seria Presidente, agora “já baixou um bocadinho a fasquia e já vem falar de clarificação”. Segundo Marisa Matias, Marcelo prepara-se “para fazer de uma derrota uma vitória” na primeira volta, porque “uma derrota na primeira volta é meio caminho andado para uma derrota na segunda volta”, e lembrou que a retórica do candidato apoiado pelo PSD e pelo CDS-PP sobre um país dividido que “dizer que à primeira oportunidade fará o que estiver ao seu alcance para derrubar o Governo atual”.

Espero que numa segunda volta “toda a esquerda se una em torno do candidato ou candidata” mais votada, defendeu.

Precisamos de "uma rede de transportes de qualidade, acessível a todos e nas mãos públicas"

Marisa Matias aproveitou ainda esta passagem pelo Museu Nacional Ferroviário para se manifestar contra o “fim da linha” do setor ferroviário em Portugal, defendendo que a aposta deve passar por uma “rede de transportes de qualidade, acessível a todos e nas mãos públicas, de preferência”, referindo que este setor é fundamental para termos “um país coeso e único”.

A candidata criticou ainda o facto de haver “um desligamento de toda a Península Ibérica relativamente ao resto da Europa em matéria de caminhos-de-ferro, o que provoca dificuldades em matéria de transportes, mercadorias e todas as questões da indústria”.

A passagem de Marisa Matias pelo distrito de Santarém inclui igualmente um jantar com apoiantes em Vila Nova da Barquinha, esta segunda-feira, onde contará com os apoios de Carlos Matias, Helena Pinto, Fabíola Cardoso, Marco Geração e Luís Gomes. Ainda esta semana, Marisa Matias está em Leiria, Lisboa, Coimbra e Aveiro.

Termos relacionados Marisa 2016, Política
(...)