You are here

Despesa com contratação de trabalho temporário no Estado aumentou 51%

O valor dos ajustes diretos do Estado a empresas de trabalho temporário subiu para 25.4 milhões de euros em 2020.
Paragem de autocarro
Foto de Paulete Matos

Os números publicados na base de dados da contratação pública - o portal Base.gov - indicam que a despesa com a contratação de serviços de trabalho temporário por parte das instituições públicas aumentou 51% no ano de 2020, apesar de o número de contratos ter baixado de 288 para 210, revela o jornal Expresso.

A maior parte destes contratos pertence a 12 empresas públicas, com 75 contratos num total de 7.95 milhões de euros, quase um terço do total desta despesa. Mas em termos de valor, são as autarquias que se destacam com a celebração de 54 contratos por 8.37 milhões, o triplo do valor contratado em 2019. Segue-se o setor da saúde, com quase 7 milhões e as instituiç~eos do ensino superior com 2.84 milhões gastos no ano passado.

Para o investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra que compilou estes dados, eles confirmam uma tendência que já tem décadas. O Estado continua a ser “o maior empregador de trabalho precário”, afirmou Adriano Campos ao Expresso, apontando a contradição entre o discurso dos responsáveis políticos e a realidade: “Podemos identificar um discurso oficial dos diversos governos com promessas de combate à precariedade, mas na verdade verificamos que o recurso às empresas de trabalho temporário e outros vínculos atípicos de contratação tem-se mantido, e aumentou em alguns sectores”.

O investigador sublinha ainda o impacto da crise pandémica neste tipo de vínculo laboral. “Por um lado, os precários e temporários foram os primeiros a perder o emprego, confirmando a grande elasticidade deste recurso contratual à disposição das empresas e do Estado. Por outro lado, a mobilização de recursos para responder às novas necessidades da pandemia fez-se também, muito em parte, a partir das empresas de trabalho temporário”, afirma Adriano Campos.  

Termos relacionados Sociedade
(...)