You are here

Deputados bloquistas dedicam dia à defesa de Serviço Nacional de Saúde “forte e robusto”

Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda vai estar em contacto, esta sexta-feira, com responsáveis e utentes de várias unidades do país. Moisés Ferreira chama a atenção que a saúde foi “das áreas que mais se degradou” e que, apesar de “alguns avanços positivos”, mais “pode ser feito”.
Fotografia de Paulete Matos.

Os deputados do Bloco de Esquerda vão estar na sexta-feira divididos entre várias unidades de saúde no país, procurando chamar a atenção para a necessidade de haver “mais pessoas e mais meios” no apoio aos utentes.

A saúde, disse à agência Lusa o deputado Moisés Ferreira, foi “das áreas que mais se degradou” com o governo PSD/CDS, e apesar de já terem existido “alguns avanços positivos”, “achamos que mais pode ser feito”.

Sob o lema por um Serviço Nacional de Saúde “forte e robusto”, a coordenadora Catarina Martins e o deputado João Vasconcelos estarão no Hospital de Portimão, enquanto o próprio Moisés Ferreira visitará o Hospital de Aveiro.

Em Lisboa, as deputadas Mariana Mortágua e Isabel Pires vão ao Hospital Amadora/Sintra. Em Coimbra, o deputado José Manuel Pureza reunirá com a Ordem dos Médicos. Em Santarém, Carlos Matias estará no Hospital de Abrantes. Heitor de Sousa vai visitar o Hospital de Peniche. O deputado eleito pelo círculo de Braga, Pedro Soares, irá estar no Hospital de Santa Maria Maior de Barcelos.

No distrito do Porto, os deputados Jorge Campos e Domícilia Costa visitarão a Unidade de Saúde Familiar Serpa Pinto. Na Madeira, o deputado Paulino Ascensão estará no Hospital Central do Funchal e, em Setúbal, as deputadas Joana Mortágua e Sandra Cunha visitarão a Unidade de Saúde Familiar do Lavradio.

Termos relacionados Política
Comentários (2)