You are here

Curtas portuguesas no Festival de Berlim

Os filmes “Freud und Friends” de Gabriel Abrantes e “Balada de um batráquio” de Leonor Teles foram selecionados para a competição de curtas-metragens do Festival de Cinema de Berlim.
"Balada de um batráquio", de Leonor Teles é um das curtas-metragens selecionadas para Berlim.

Estas obras serão assim candidatas ao Urso de Ouro, uma distinção que foi conquistada pelo filme “Rafa” de João Salaviza em 2012.

A direção do festival indicou que foram selecionadas 25 curtas-metragens de 21 países e, entre elas, estão as obras de Leonor Teles que volta a abordar as raízes da etnia cigana e a de Gabriel Abrantes, um dos segmentos do filme coletivo “ Aqui, em Lisboa”, produzido pelo Indie Lisboa.

No programa “ Forum Expanded” será apresentado “ L'oiseau de la nuit” , de Marie Losier, um retrato onírico do travesti Deborah Kristal, que é representado por Fernando Santos. Esta curta é outro dos segmentos do coletivo "Aqui, em Lisboa".

A organização deste certame anunciou ainda algumas das longas metragens que estarão em competição, encontrando-se e entre elas foi selecionado o filme “ Cartas de Guerra”, de Ivo Ferreira, baseado nas cartas que o escritor António Lobo Antunes escreveu quando estava na guerra colonial.

O Festival Internacional de Cinema de Berlim vai decorrer entre 11 e 21 de fevereiro e a sua prgramação completa será anunciada no próximo dia 2 de de fevereiro.

Termos relacionados Cultura
(...)