You are here

Começou a 13ª edição do Acampamento Liberdade

Começou a 13ª edição do Acampamento Liberdade, com um programa dedicado a espaços de partilha de opinião e discussão política. Por Joana Soares.
Ao centro: Henrique Borges, professor e dirigente sindical, e Inês Tavares, dirigente dos Jovens do Bloco. Foto de Gonçalo Cabral Ferreira.

Esta iniciativa prolonga-se durante 5 dias, 3 a 8 de Agosto, e conta com a participação de jovens que pretendem repensar a sociedade em que vivemos.

Ao longo do segundo dia, quinta-feira, do Liberdade 2016 foram abordadas várias temáticas da atualidade. Inês Tavares e Henrique Borges discutiram os modelos de ensino e questionaram se os métodos atuais são os melhores para cativar alunos e conseguir atingir bons resultados de aprendizagem. Além disso, realçaram alguns problemas como a prática de um ensino apenas focado nos exames nacionais, desinteresse dos alunos, assim como os elevados níveis de desemprego jovem de professores com menos de 30 anos.

Outro dos assuntos debatidos foi "Religião e Esquerda" que contou com os oradores João Rodrigues e António Marujo, que partilharam as suas experiências pessoais e contextualizaram o tema. Além disso, foi feita uma ponte de ligação entre religião e esquerda, com base nas reflexões de pensadores da esquerda sobre crenças religiosas. Apesar de mostrarem pontos de vista com algumas diferenças, os intervenientes concordaram sobre a importância de um estado laico.

Durante a noite foi exibida a curta-metragem "Balada de um Batráquio", de Leonor Teles, que aborda a descrição dos ciganos na sociedade.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)