You are here

Centros de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo com problemas por falta de pagamento da limpeza

Vários centros de saúde da região terão tido problemas de funcionamento na sexta-feira. Administração Regional de Saúde garante que a situação foi “prontamente ultrapassada”.
Centro de Saúde. Foto de Paulete Matos.
Centro de Saúde. Foto de Paulete Matos.

O Correio da Manhã noticia que “vários centros de saúde da Região de Lisboa e Vale do Tejo estiveram esta sexta-feira de manhã encerrados por falta de limpeza e desinfeção dos espaços”. Por sua vez, o Observador conta apenas que estes “tiveram problemas de funcionamento”.
Segundo o CM, a empresa que presta o serviço não compareceu por ter “alguns meses de pagamento em atraso”. A situação terá gerado “o caos” nas unidades de saúde dos Olivais, ou seja uma “fila de utentes à porta, que não percebiam o que se estava a passar e profissionais de Saúde sem saber o que fazer” e terá levado muitos a dirigirem-se aos hospitais.

O jornal informa ainda que, nessa manhã, o Hospital de São José chegou a ter 174 pessoas “à espera de atendimento urgente”, tendo fonte hospitalar confirmado “uma maior afluência de utentes com patologias variadas à Urgência, uma situação que, por vezes, provoca uma maior demora na transferência de doentes para o internamento”.

Ambos os órgãos de comunicação social contactaram com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo que confirma “uma quebra temporária”, reconhecendo que houve “constrangimentos no funcionamento das unidades” mas esta “foi prontamente ultrapassada”.

Termos relacionados #SomosTodosSNS, Sociedade
(...)