You are here

Catarina defende transportes públicos “fiáveis e a preços acessíveis”

Nenhum problema de trânsito pode ser resolvido nas áreas metropolitanas sem um forte investimento nos transportes públicos, defendeu a coordenadora do Bloco numa ação de campanha que percorreu de comboio a linha de Cascais.
Catarina Martins na viagem entre Cascais e Lisboa. Foto Paulete Matos.

"Conseguimos ultrapassar o perigo da privatização. Temos que chegar agora à nova fase do investimento para garantir uma oferta que sirva verdadeiramente as pessoas e tarifários que sejam comportáveis para as famílias", defendeu Catarina Martins esta quinta-feira, citada pela agência Lusa.

A coordenadora do Bloco dedicou a manhã do penúltimo dia de campanha ao tema da mobilidade na área metropolitana de Lisboa, acompanhando as candidaturas bloquistas às Câmaras de Cascais e Oeiras, encabeçadas por Cecília Honório e Miguel Pinto, numa viagem de comboio entre Cascais e a capital.

"Escolhemos fazer a linha de Cascais porque achamos que Cascais precisa de mudar. Temos tido uma maioria absoluta incapaz, que foi eleita por muito poucas pessoas. Um dos concelhos do país com uma maior abstenção. Dois terços dos eleitores de Cascais abstiveram-se nas últimas autárquicas", recordou Catarina Martins, referindo ainda que na linha de Cascais "nota-se bem o desinvestimento porque a direita tinha o plano de privatizar os transportes".

Para Catarina Martins, o debate sobre mobilidade nas áreas metropolitanas tem uma conclusão óbvia: ”Sem transportes coletivos, fiáveis, que sirvam toda a população e tenham preços acessíveis, nenhum problema de trânsito pode ser resolvido".

Termos relacionados Política
(...)