You are here

Catalunha: 52 feridos em confrontos com polícia

Centenas de manifestantes tentaram romper um cordão policial em torno de edifício da delegação do governo espanhol. O número de feridos ligeiros nos confrontos entre polícia e manifestantes pró-independência da Catalunha subiu para os 52.
Este domingo, a polícia catalã recorreu à força para tentar quebrar o cerco à delegação do governo espanhol no centro de Barcelona. Imagem Danci Lagarder/Youtube
Este domingo, a polícia catalã recorreu à força para tentar quebrar o cerco à delegação do governo espanhol no centro de Barcelona. Imagem Danci Lagarder/Youtube

Os protestos foram motivados pela prisão de Carles Puidgemont, ex-presidente do governo regional catalão, e de outros líderes independentistas e contaram com a participação de milhares de pessoas. Puidgemont foi preso este domingo, 25 de março, pela polícia alemã junto à fronteira com a Dinamarca no cumprimento de um mandato de detenção europeu que fora emitido pela justiça espanhola.

Cerca de 2.000 pessoas conseguiram romper o cordão policial em volta de um edifício da delegação do governo, obrigando a polícia a concentrar-se junto à porta do ediício.

Alguns manifestantes lançaram ovos, latas, bombas de fumo e tinta amarela contra os agentes da polícia anti-manifestação, que carregaram para defenderem o perímetro em torno do edifício que representa o poder de Madrid. Outros manifestantes tentaram lançar um contentor de lixo contra os Mossos d'Esquadra (polícia regional), que carregaram para dispersá-los. No decorrer de manifestação, houve ainda quem apelasse à realização de uma greve geral e à libertação dos presos políticos.

Para além dos 52 feridos, 3 pessoas foram detidas.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Catalunha, Internacional
(...)