You are here

Bolsas de pós-doutoramento substituídas por contratos de trabalho

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira a substituição das bolsas de pós-doutoramento por contratos de trabalho.
Bloco defende igualmente contratos de trabalho para substituir bolsas de doutoramento.

Esta medida tem sido defendida pelo Bloco, embora a exigência deste partido vá mais além porque defende também contratos de trabalho para substituir bolsas de doutoramento.

A substituição, que será gradual, já constava do programa eleitoral do PS e do seu programa de governo através de documentos nos quais se defendia que “as bolsas de pós-doutoramento deveriam ter durações curtas e, ao longo de seis anos, ser substituídas por contratos de trabalho para investigadores doutorados, de forma a combater a precariedade laborar e aumentar o emprego científico”.

A substituição de bolsas por contratos de trabalho implica, por exemplo, o direito a subsídio de férias e de Natal, bem como ao subsídio de desemprego

Combater a precariedade

A substituição de bolsas por contratos de trabalho implica, por exemplo, o direito a subsídio de férias e de Natal, bem como ao subsídio de desemprego, algo que não existe quando se tem uma bolsa de investigação.

Depois desta aprovação, serão feitas consultas sobre esta medida ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), às associações de bolseiros, entre outras entidades.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)