“Bloco conseguiu um resultado histórico nos Açores”

16 de October 2016 - 23:49

Catarina Martins salienta que o Bloco foi o partido que mais cresceu, apesar da subida da abstenção, e saúda o Bloco Açores e o seu trabalho.

PARTILHAR
Catarina Martins salienta que o Bloco foi o partido que mais cresceu, apesar da subida da abstenção - Foto de Paulete Matos
Catarina Martins salienta que o Bloco foi o partido que mais cresceu, apesar da subida da abstenção - Foto de Paulete Matos

Em declaração feita na noite deste domingo, 16 de outubro de 2016, a coordenadora do Bloco de Esquerda sublinha também que “pela primeira vez, elegemos diretamente pelo círculo eleitoral da ilha de São Miguel”.

“O Bloco de Esquerda foi o partido que mais cresceu nestas eleições. Foi o partido que mais cresceu em votos. Mesmo com o aumento da abstenção que se registou, o Bloco de Esquerda conseguiu aumentar significativamente o número de votos, conseguindo um resultado histórico”, começou por declarar Catarina Martins.

A coordenadora do Bloco de Esquerda sublinhou também: “Temos agora um grupo parlamentar, duplicámos a nossa presença na Assembleia Legislativa Regional dos Açores e julgamos, por isso, que o nosso objetivo principal foi alcançado”.

Dando os parabéns “ao Bloco Açores, à Zuraida Soares, ao Paulo Mendes”, Catarina Martins sublinhou o “trabalho imenso”, “generoso, determinado e combativo pela economia, pelo emprego, pelos serviços públicos, pela igualdade e contra a corrupção” que os bloquistas têm feito na Região Autónoma dos Açores.

“O trabalho deles foi hoje recompensado com este resultado eleitoral histórico”, realçou.

A coordenadora do Bloco referiu-se ainda a um segundo objetivo que não foi alcançado: retirar a maioria absoluta ao PS.

“Tínhamos como sabem um segundo objetivo que não alcançámos – o PS mantém a maioria absoluta. Achamos que seria melhor para a Região Autónoma dos Açores se essa não fosse a realidade, foi isso que os açorianos e as açorianas escolheram, o Bloco de Esquerda, com todo o respeito como sempre para com os resultados eleitorais, estará mais forte, mais combativo e com mais proposta com este resultado reforçado na Assembleia Legislativa Regional dos Açores”, concluiu Catarina Martins.