You are here

Bloco apresenta proposta para requalificação da Linha do Vouga

A proposta pretende que a requalificação da totalidade da Linha do Vouga - incluindo o ramal de Aveiro - faça parte da reprogramação que é necessário fazer ao programa Portugal 2020/Ferrovia 2020.
Para o Bloco, a linha do Vouga necessita de ser requalificada e modernizada
Para o Bloco, a linha do Vouga necessita de ser requalificada e modernizada

Enquanto o PSD e o CDS estiveram no Governo a Linha do Vouga foi deixada ao abandono. É mais do que sabido que estes partidos tinham a intenção de encerrar o ‘Vouguinha’, coisa que só não aconteceu porque as populações se opuseram a tal medida.

Mas a sua intenção tornou-se clara quando na Assembleia da República chumbaram um projeto de resolução do Bloco de Esquerda para impedir o encerramento da Linha do Vouga. Ora, só chumba um projeto com este teor quem tinha, efetivamente, a intenção de destruir o comboio que serve os concelhos de Espinho, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Albergaria-a-Velha, Águeda e Aveiro.

Mais uma vez afirmamos que foi a contestação nos locais que fez com que o anterior Governo recuasse naquilo que era a sua verdadeira vontade.

Os chumbos do PSD e do CDS

A verdade é que a Linha do Vouga e as populações que esta serve nunca interessaram ao PSD e ao CDS. Foram estes mesmos partidos que chumbaram por diversas vezes propostas do Bloco de Esquerda para a requalificação e modernização da Linha do Vouga; foram esses mesmos partidos que nunca tiveram um plano para um investimento sério para a ferrovia no distrito, em particular para esta linha.

Ao contrário da direita, o Bloco de Esquerda sempre defendeu a revitalização da Linha do Vouga por considerar que ela é importante para a população, mas considerando também que ela só pode servir efetivamente as pessoas se for intervencionada e melhorada.

Por isso mesmo, o Bloco de Esquerda apresentou na Assembleia da República uma iniciativa legislativa para que a requalificação da linha do Vouga seja incluída num Programa de Investimentos em Redes Ferroviárias de Proximidade (PIRFP). Com esta proposta o Bloco de Esquerda pretende que a requalificação da totalidade da Linha do Vouga (incluindo o ramal de Aveiro) faça parte da reprogramação que é necessário fazer ao programa Portugal 2020/Ferrovia 2020.

O Bloco de Esquerda sempre propôs – e continua a propor – que a intervenção na linha do Vouga deve passar pela sua efetiva requalificação e modernização, sendo esta a defesa integral da circulação em toda a linha (ou seja, entre Espinho e Aveiro), a sua ligação à linha do Norte, a mudança para via larga, a sua eletrificação, a correção do seu traçado onde ele é mais sinuoso, a renovação do material circulante e a intervenção e requalificação das estações e apeadeiros ao longo da linha.

Para o Bloco, a linha do Vouga sempre foi da maior importância para a região e para a população. Por isso, sempre nos batemos pela requalificação da mesma e sempre nos opusemos ao Governo PSD/CDS que desinvestiu na mesma, prejudicando de forma irreversível todos os concelhos servidos pelo Vouguinha.

Notícia do site do Bloco de Esquerda/Distrito de Aveiro

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade
(...)