You are here

ASAE: Sindicato ameaça pôr Ministério da Economia em tribunal

Em causa estão disparidades remuneratórias dentro dos serviços de inspeção que criaram desigualdades injustificadas entre trabalhadores com repsonsabilidades semelhantes. 
Manifestação da Associação Sindical dos Funcionários da ASAE.
Manifestação da Associação Sindical dos Funcionários da ASAE.

O sindicato da ASAE acusa o Ministério da Economía de violar o princípio constitucional de “trabalho igual, salário igual”, e ameaça com uma ação em tribunal. A estrutura sindical pretende em concreto que o Ministério da Economia indemnize os inspetores-adjuntos e inspetores técnicos da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), "em valor corresponde ao diferencial entre o vencimento efetivamente auferido e o vencimento que deveriam auferir", na mesma tabela dos inspetores da carreira de inspeção-superior. 

O sindicato planeia várias ações de protesto dos trabalhadores se a proposta de estatuto, que o Governo vai remeter à associação sindical até 09 de junho, não contemplar as transições dos inspetores da ASAE para a carreira única, a tabela remuneratória e necessários suplementos remuneratórios, a regulação do acesso aos cargos de Direção da ASAE e o regime especial de aposentação.

Caso nenhuma das reivindicações seja reconhecida, os inspetores planeiam "ações de protesto e sensibilização junto dos aeroportos, terminais de cruzeiros, marinas, estações de comboios, zonas de atração turísticas”, bem como três dias de greve nacional dos trabalhadores da ASAE, após 27 de junho, caso a postura do Governo à mesa das negociações não sofra alterações", conclui no comunicado.

Termos relacionados Sociedade
(...)